Paris - Plano de Ação para o Clima e Energia

10,000 eficientes luminárias LED ajudam a cidade a reduzir o consumo energético em 30% até 2020

Integrado no Plano de Ação para o Clima e Energia, lançado em 2007, a cidade deParis comprometeu-se a reduzir o consumo de energia da iluminação pública em 30% até 2020.
A cidade que possui muitos locais históricos e culturais que atraem turistas de todo o mundo quer um sistema de iluminação pública seja tão ambientalmente amigável quanto possível sem perder o brilho e a identidade da Cidade Luz.

A troca para luminárias LED, que consomem muito menos energia era uma escolha óbvia.
A Evesa, a empresa responsável pela iluminação pública da cidade lançou um concurso, como parte de uma primeira fase do Plano, para substituir 10.000 luminárias ao longo de um período de 30 meses.

Além dos requisitos de eficiência energética ao longo do tempo (mantendo os níveis de luz de 95% para 50.000 horas), as luminárias tinham de responder a outros requisitos técnicos (tais como os níveis IP e IK) e critérios estéticos, impostos pela cidade.
Com efeito, a cidade de Paris é muito ligada à sua linha de mobiliário de iluminação, caraterizada por formas arredondadas.

A Schréder entrou no desafio e ganhou o concurso com a Citea NG.

Rue du Château Landon
Paris
França

Foi óbvio para nós que a única maneira de satisfazer todos os critérios, era redesenhar a luminária Citea. A conceção estética desta luminária clássica da Schréder já havia sido aprovada pela Comissão de Mobiliário Urbano. Reconstruimos o motor fotométrico da luminária para integrar 56 LEDs/87W com uma temperatura de cor de 3.000 K, que responde aos requisitos de emissão de fluxo a longo prazo.

Vincent Jacquet
Diretor Regional da Schréder para Ile-de-France

A Citea NG foi projetada com várias opções de montagem (post-top, entrada lateral, suspensa, catenária) para ter em conta os diferentes suportes na paisagem parisiense.

A cidade está encantada com a nova iluminação que tem contribuído para ajudar a reduzir o consumo de energia da iluminação pública da cidade já em 18%.