Zona Inteligente

Tecnologia inovadora para construir uma cidade inteligente e adaptada às necessidades dos cidadãos

Antuérpia quer tornar-se uma cidade verdadeiramente inteligente. Uma cidade que ouve as necessidades dos seus cidadãos e visitantes, que se adapta às constantes mudanças no seu estilo de vida.

Em colaboração com a IMEC e os seus cidadãos, a cidade criou uma Zona Inteligente no animado bairro Sint-Andries - um típico bairro urbano - para testar e avaliar como a tecnologia pode tornar uma cidade mais agradável, segura e sustentável. Estas inovações podem então ser aplicadas a toda a cidade. Este projeto piloto da cidade de amanhã inclui uma dúzia de projetos, tais como a gestão de painéis publicitários, semáforos e iluminação pública.

 

"A inovação está nos nossos genes em Antuérpia. O que é vital se quisermos manter a nossa posição como uma cidade portuária próspera". Gostamos de nos manter à frente, o que também queremos fazer como cidade inteligente, tanto para as pessoas que aqui vivem, como para aqueles que vêm trabalhar para a cidade", explica Annik Schouteden, gerente de inovação e tecnologia para a cidade de Antuérpia.

Sint-Andries
Antuérpia
Bélgica

Cliente

Cidade de Antuérpia

Partner(s)

IMEC - Fluvius

Criar uma cidade mais segura e mais agradável

Na prática, o objetivo da Zona Smart é tornar a cidade mais segura e mais agradável. Graças às câmaras e detetores inteligentes interligados, as pessoas poderão atravessar a rua de forma mais segura ou as praças serão iluminadas de forma mais eficiente em termos energéticos, adaptando-se em tempo real às necessidades reais.

A cidade de Antuérpia está bem ciente de que precisa de fazer mais do que simplesmente ligar e desligar as luzes. Com as tecnologias atuais, a iluminação pode ser gerida de forma inteligente e dinâmica.

A Schréder orgulha-se de ter participado neste projeto com as suas luminárias Shuffle e Piano, fabricadas em Carnaxide, todas controladas por um sistema de telegestão.

As praças, como espaços públicos, desempenham um papel importante na vida social das pessoas, permitindo-lhes relaxar e conviver. É vital que elas sejam iluminadas à noite, mas é importante gerir sabiamente a iluminação para reduzir o consumo desnecessário de energia e a poluição luminosa.


Detetores e câmaras para iluminar apenas quando necessário

O objetivo era apenas iluminar a praça Sint-Andries, e o seu campo de basquetebol, quando estão a ser utilizados. As colunas Shuffle instaladas neste recinto estão equipadas com:

  • Módulos de iluminação de 360° com LEDs brancos quentes;
  • Um anel luminoso com 2 cores: vermelho e verde;
  • Nódulo IoT Owlet.

Além disso, foram instalados na praça detetores de movimento, detetores de ruído, sensores de profundidade L e câmaras inteligentes.

Os detetores e câmaras enviam uma grande quantidade de informação em tempo real para a plataforma WorldWideStreams (WWS) desenvolvida pela Nokia Bell Labs. Em termos práticos, toda a informação dos sensores é processada e agregada o mais rapidamente possível, permitindo que as ações corretas sejam realizadas. A Imec, desenvolveu um motor de regras que contém toda a lógica para o sistema; quando um comando específico chega através da plataforma WWS, ele sabe e decide o que precisa de fazer. Por exemplo:
 

  • Quando o campo de basquetebol não está a ser usado, a intensidade das  luminárias Shuffle é diminuída. Quando as pessoas começam a jogar, os detetores de movimento e de ruído enviam um sinal para que os níveis de iluminação sejam automaticamente aumentados para 100%; 
     
  • Quando as câmaras detetam alguém a atravessar a praça durante a noite, o nível de iluminação das colunas Shuffle muda imediatamente para 100%; 
     
  • Quando os sensores de profundidade L preveem má visibilidade devido à chuva ou neve iminente, o anel de luz muda de verde para vermelho para avisar os residentes locais. O nível de iluminação nas luminárias à volta da praça aumenta para níveis máximos para melhorar a visibilidade.

 

Iluminação que se adapta ao tipo de utilizador

As ruas em redor da praça são iluminadas por 39 luminárias Piano equipadas com LEDs branco neutro e controladas pelo sistema de controlo DALI. Além disso, cada luminária está também equipada com um nó Owlet IoT. Os detetores de movimento trabalham com o sistema de iluminação para determinar o nível de luz necessário. Foram também instalados microfones nas ruas para elevar o nível de iluminação a 100% quando são detetados níveis elevados de ruído.

Todos os dias, a Schréder desenvolve soluções de iluminação que facilitam a vida aos cidadãos e que tornam as cidades mais sustentáveis. Como engenheiro de terreno, é muito motivador participar em grupos multidisciplinares que incluem também os cidadãos para que possamos apoiar os nossos clientes na implementação de projetos inovadores com tecnologia de ponta.

Geert van Batenburg - Smart Zone Antwerp
Geert van Batenburg
FAE & Diretor de Engenharia

Acreditando firmemente que as infraestruturas de iluminação devem ser inteligentes e responder às exigências dos seus residentes, estamos muito satisfeitos por termos participado neste projeto que proporciona benefícios significativos para a comunidade.